Marconi percorre 21 municípios na próxima semana e inaugura Ponte do Cocalinho

Ao lado do governador do Mato Grosso, goiano entrega obra que será “elo” do Brasil Central 

Governador vistoria obra | Foto: divulgação

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), entrega, no próximo sábado (29 /7), na divisa entre os Goiás e Mato Grosso, a Ponte do Cocalinho, uma das principais obras de infraestrutura econômica realizadas na história da administração estadual.

Resultado de Parceria Público-Privada, a ponte, localizada entre os municípios de Aruanã (GO) e Cocalinho (MT), reforçará o elo econômico entre os dois Estados e é considerado “símbolo” de integração do Brasil Central.

A Ponte do Cocalinho recebeu investimento total de R$ 32,2 milhões e integra as obras de interligação entre Aruanã e Cocalinho, que incluem ainda a pavimentação da rodovia. A ponte foi concluída há pouco mais de três meses e, desde então, o consórcio responsável pelas obras trabalhava na construção das pistas e do encabeçamento da estrutura às rodovias estaduais que unem suas pontas. Parte dos recursos foram alocados por meio do Goiás na Frente, programa de investimentos de Marconi para o biênio 2017-2018.

“A Ponte do Cocalinho é uma obra estratégica para o turismo, para a agropecuária e para a produção industrial de Goiás, do Mato Grosso e do Brasil Central. É um símbolo do avanço do Brasil Central, que cresce acima da média nacional graças à força das nossas economias e à integração entre as administrações estaduais”, afirmou o tucano goiano.

A obra é de responsabilidade da Secretaria de Cidades, Infraestrutura e Meio Ambiente (Secima), construída por meio de Parceria Público Privada (PPP) entre o Consórcio Caminhos do Sol e o Governo de Goiás, totalizando R$ 32,2 milhões (R$ 20.157.015,00 milhões do Tesouro Estadual e R$ 12.050.431,00 milhões do consórcio).

A ponte é o maior vão livre que Goiás já construiu, com 577 metros de comprimento, mais o encabeçamento de 800 metros de aterro do lado goiano, vão central de 150 metros e elevação de 50 metros da linha d’água, o que permitirá a navegação comercial no trecho do rio. “É uma obra importante e fundamental para consolidarmos a maior integração econômica e social entre Goiás e Mato Grosso”, explicou o titular da Secima, Vilmar Rocha (PSD).

Agenda 

Antes do evento, Marconi Perillo continuará o giro pelo interior do Estado para entregar, vistoriar e anunciar obras e assinar os convênios do Goiás na Frente em mais 21 municípios. A programação começa no domingo (23), na Cidade de Goiás, onde ficará para a transferência da capital, e termina na sexta-feira, em Araunã.

Na quarta-feira, 26, segue para Guaraíta, Itapuranga, Morro Agudo, Nova América, Rubiataba, Ipiranga e Nova Gloria.

Na quinta-feira, a caravana estará em Chapadão do Céu, Santa Rita, Portelândia, Mineiros, Perolândia, Jataí e Serranópolis. Após isso, visitará Matrinchã, Itapirapuã, Jussara, Santa Fé, Britânia e Aruanã.

Marconi esteve em Aruanã em maio para anunciar os investimentos do Goiás na Frente para Vale do Araguaia. A região tem forte apelo turístico.

Pelo planejamento feito pelo governo de Goiás, não será apenas construída a Ponte do Cocalinho, mas também a pavimentação da rodovia que liga a GO-164 ao Rio Araguaia, na divisa com o Mato Grosso, no município de Cocalinho, ao custo de R$ 200 milhões. Marconi Perillo disse aos prefeitos da região que o governo já “autorizou a alocação de recursos para a pavimentação da rodovia que liga Aruanã a Cocalinho”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.