Marconi inaugura moderno centro de informações na Secretaria de Saúde

“Conecta SUS” consiste em um centro com 86 painéis distribuídos em vários ambientes para o monitoramento online dos indicadores de saúde

Batizado de “Conecta SUS Zilda Arns Neumann”, o Centro de Informações e Decisões Estratégicas em Saúde, inaugurado nesta quarta-feira (3/10) na sede da Secretaria Estadual de Saúde, pelo governador Marconi Perillo (PSDB), é um projeto inédito no Brasil. Seu objetivo fim é monitorar, em tempo real, todas as informações em Saúde do Estado, para subsidiar técnicos a coordenarem com precisão, as atividades, ações e políticas da secretaria.

O Conecta SUS consiste em um centro com 86 painéis distribuídos em vários ambientes para o monitoramento online dos indicadores de saúde. Os equipamentos permitem contato via internet, em tempo real, com as seis superintendências de área, as 17 regionais e todos os 246 municípios goianos. No mesmo ambiente é feito ainda o acompanhamento da situação financeira e das obras de construção e reforma de unidades da Secretaria de Saúde, além de dispor de informações sobre os hospitais em funcionamento. Em tempo real, são gerados relatórios de controle de contratos de gestão, metas, atendimentos diários, taxa de ocupação de leitos, dentre outros.

As Superintendências de Vigilância em Saúde – Suvisa – e de Políticas de Atenção Integral à Saúde – Spais – também terão um papel de destaque no Conecta SUS. Elas atuarão em situações emergenciais junto aos municípios com alta incidência de doenças, como dengue, tuberculose, leishmaniose, DST/Aids, malária, hanseníase, doença de Chagas, além de condições crônicas como diabetes, hipertensão, tabagismo, obesidade e indicadores de saúde de gestantes, crianças, adolescentes e adultos.

O foco, segundo o secretário Halin Girade, será a identificação de indicadores que precisam ser melhorados. “Com o monitoramento diário – declarou Halin – será possível identificarmos, por exemplo, se existe um aumento de mortalidade infantil em determinada região. Nesse caso, vamos investigar melhor os óbitos, identificando as causas e promovendo, juntamente com as regionais e os municípios, políticas públicas de saúde de qualidade”.

O governo do Estado investiu R$ 3,7 milhões no Conecta SUS, R$ 300 mil apenas na reforma do ambiente. Em móveis, nos 86 painéis e 41 microcomputadores, foram investidos outros R$ 2,4 milhões. Mais R$ 1,1 milhão permitiram a aquisição de 74 kits a serem entregues às superintendências da Secretaria Estadual de Saúde e às 17 regionais de saúde.

Inicialmente serão escolhidos 35 municípios, em quatro regiões do Estado. Os kits são compostos de uma estação de trabalho com um computador, dois monitores de computador e outros dois de TV, headphone e demais equipamentos que permitem comunicação com o Centro de Informações. O objetivo é fazer com que a tecnologia chegue a todos os municípios do Estado.

“Poucos são os lugares públicos do Brasil que têm um serviço do nível do Conecta SUS”, comentou o governador durante visita às instalações do Centro, onde testou a eficácia da comunicação online, através de uma miniconferência com o prefeito de Goianésia, Jales Fontoura. “O senhor mostra que está à frente nas decisões que visem modernizar a saúde”, comentou o prefeito ao final da conferência de pouco mais de cinco minutos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.