Marco Feliciano faz vídeo comemorando prisão de Temer e diz que profecia se cumpriu

Deputado federal, que votou pelo arquivamento de denúncia contra o ex-presidente, assumiu tom de ‘eu avisei’ ao comentar detenção

Pastor Marco Feliciano | Foto: Diulgação

O deputado federal Marco Feliciano (Podemos) comentou por meio de vídeo nesta quinta-feira, 21, a prisão do ex-presidente Michel Temer. Tendo sido um dos que votaram pela arquivação do processo de denúncia quando Temer ainda era presidente, Marco Feliciano assumiu um tom de satisfação ao afirmar que sua profecia se cumpriu.

O deputado justificou seu voto na época ao dizer não confiar no Supremo Tribunal Federal (STF) para realizar as investigações e que um eventual impeachment causaria mais desemprego. Segundo argumentação de Feliciano, a prisão de Temer só foi possível com o fim do mandato e do foro privilegiado do acusado.

O pastor publicou em suas redes sociais: “Eu deixei claro que só confiava no juiz Moro pois ele representava a Lava Jato. Eu disse que Temer, em primeiro de Janeiro de 2019, quando deixasse de ser presidente, quando perdesse o foro privilegiado e se tornasse um réu comum, cairia nas mãos do juiz Sérgio Moro”.


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.