Marcelo Odebrecht presta depoimento ao TSE sobre chapa Dilma-Temer

Ministro Herman Benjamin faz oitivas para finalizar seu relatório da ação pede cassação da chapa por suposto abuso de poder político e econômico

O empresário Marcelo Odebrecht presta depoimento na tarde desta quarta-feira (1/3) ao ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Herman Benjamin, como testemunha na ação que pede a cassação da chapa Dilma-Temer por suposto abuso de poder político e econômico na eleição presidencial de 2014.

Marcelo Odebrecht está preso em Curitiba desde junho de 2015 e será ouvido na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Além dele, os ex-diretores de Relações Institucionais Cláudio Melo Filho e Alexandrino Alencar também devem prestar depoimento ainda esta semana.

No Rio de Janeiro, serão ouvidos Benedicto Barbosa da Silva, ex-presidente da construtora Norberto Odebrecht, e Fernando Reis, ex-presidente da Odebrecht Ambiental .

As oitivas foram autorizadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator dos processos da Operação Lava Jato na Corte, após parecer favorável do procurador-geral da República Rodrigo Janot.

Esta deve uma das últimas etapas antes de o ministro Herman Benjamin apresentar seu relatório, já em fase final de preparação. A ação de investigação judicial eleitoral que pode levar à cassação do presidente Michel Temer (PMDB) e à inelegibilidade da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.