Manifestação pela Educação e em defesa da Amazônia reúne 500 pessoas em Goiânia

Ato contou com a participação de estudantes, professores, técnicos administrativos da UFG, população e centrais sindicais

Foto: Adufg/Divulgação

A manifestação intitulada “Tsunami da Educação e Grito dos Excluídos” reuniu cerca de 500 pessoas neste sábado, 7, de acordo com a assessoria da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Goiás (Adufg). O ato, marcado pelo Dia da Independência, era contra cortes na Educação e em defesa da Amazônia.

Trata-se do 4ª Tsunami da Educação, que dessa vez foi realizado em frente à Catedral Metropolitana de Goiânia, no Centro. Esta edição reuniu estudantes, professores, técnicos administrativos da UFG, população e centrais sindicais como o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg), SINT-IFESGo, Sintego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.