Manifestação em Brasília bloqueia pista que dá acesso ao aeroporto

Servidores na aviação querem 11% de aumento. Também participam do protesto integrantes do MTST, da CUT, CNTTL e da CUT/DF

Aeroporto Internacional de Brasília Presidente Juscelino Kubitschek | Foto: Aeroporto Internacional de Brasília-Presidente Juscelino Kubitschek | Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Aeroporto Internacional de Brasília Presidente Juscelino Kubitschek | Foto: Aeroporto Internacional de Brasília-Presidente Juscelino Kubitschek | Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Um protesto coordenado pela Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil da Central Única dos Trabalhadores bloqueou nesta segunda-feira (22/12) a pista de acesso ao Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, administrado pelo consórcio Inframerica Aeroportos.

Segundo os dirigentes sindicais, a manifestação “é contra a intransigência da bancada patronal do Sindicato Nacional das Empresas Aéreas, que se recusa em avançar em uma proposta de reajuste salarial com aumento real”.

Os trabalhadores na aviação civil reivindicam 11% de aumento e aplicação desse índice nos demais itens econômicos.

Participam do protesto militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística da CUT (CNTTL) e da CUT/DF.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.