Mais de 46,6 mil estudantes da rede pública estadual de Goiás estão inscritos no Enem 2020

Número corresponde a mais de dois terços dos estudantes de terceiro ano matriculados na rede de ensino público

Foto: Reprodução

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, será realizado excepcionalmente nos dias 31 de janeiro e 7 de feveireiro de 2021. De acordo com Osvany Cardoso, Superintendente Estadual de Educação em Goiás, mais de 46,6 mil estudantes da rede estadual de ensino público estão se preparando para a realização da prova. Este número equivale a 67,8% do total de alunos do terceiro ano do ensino médio da rede estadual.

Osvany destaca o trabalho realizado pelos professores e funcionários da Educação em Goiás para dar suporte aos estudantes durante a paralisação das aulas. “Nós trabalhamos desde o mês de março e continuamos o trabalho com diversas ações condensadas no projeto Goiás Bem no Enem, com ações diárias de segunda a sábado, oferecendo transmissão de aulas, atividades para os alunos, maratonas, dicas, todo um grupo de atividades”.

A superintendente de Educação admite que o regime de aulas adotado, com atividades realizadas a distância, não era o desejado. Contudo, ela afirma: “Dentro das possibilidades, nós demos todo o suporte necessário para os estudantes”.

Osvany explica também que os estudantes recebem orientações para conferir os seus dados e locais de prova com antecedência e espera um cenário tranquilo em relação a este aspecto.

Medidas de biossegurança

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma ter adotado um conjunto de medidas preventivas para garantir uma aplicação segura da prova. De acordo com a instituição, R$ 64 milhões foram destinados às medidas de prevenção, com a aquisições de equipamentos de proteção individual, álcool em gel e o investimento em mais locais de aplicação de prova.

O número de participantes por sala foi reduzido. A ocupação será de 50% da capacidade das salas de aplicação de prova. Os locais de prova serão higienizados antes da realização do teste e organizados de forma a manter um distanciamento entre os estudantes.

Será obrigatório ao participante o uso de máscara de proteção, sob pena de eliminação do exame. Quem estiver infectado com Covid-19 ou qualquer outra doença infecciosa não deve participar da prova, devendo apresentar comprovante para a comissão do Inep avaliar a possibilidade de replicação da prova.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.