Mais de 220 pessoas morrem em queda de avião no Egito

Seguiam a bordo da aeronave russa 217 passageiros e sete tripulantes. Conforme governo egípcio, não há sobreviventes

Um avião russo com 224 pessoas a bordo caiu neste sábado (31/10) na Península do Sinai, no Egito, após descolar da localidade turística de Sharm El Sheikh. As informações foram confirmadas pelo  gabinete do primeiro-ministro egípcio, Ismail Sharif, em comunicado.

Um alto funcionário da autoridade de controle do espaço aéreo disse à Agência France Presse (AFP) que a comunicação foi perdida quando o avião sobrevoava o Norte da Península do Sinai.

Segundo fontes da aviação civil do Egito, seguiam a bordo do avião 217 passageiros e sete tripulantes. Um representante do governo egípcio, Hussam el-Kawish, disse à Sputnik que o avião russo ficou completamente destruído e que não há sobreviventes. Por enquanto, os corpos de mais de cem pessoas já foram encontrados.

Testemunhas citadas pelo site de notícias al-Masry al-Youm disseram ter visto o avião incendiado, provavelmente do motor. (Com informações da Agência Brasil)

Deixe um comentário