Maduro planeja prender Juan Guaidó e destituir Assembleia Nacional do país, diz embaixadora

María Teresa Belandria esteve no Senado Federal para denunciar ameaças à democracia de seu País

Foto: Divulgação

A embaixadora venezuelana, María Teresa Belandria, esteve no Senado Federal, a convite do senador goiano, Luiz do Carmo (MDB), para denunciar o regime que se instaura na Venezuela. Segundo ela, Maduro pretende prender o autoproclamado presidente, Juan Guaidó, e destituir a Assembleia Nacional.

María se encontrou com Luiz do Carmo nesta terça-feira, 12, na embaixada do Chile, onde falou sobre a situação desesperadora que assola o país vizinho. As ações denunciadas no Congresso podem ocorrer nos próximos dias.

“A Venezuela precisa de ajuda, precisa do Brasil. E a preocupação de políticos, como o senador Luiz do Carmo, são a prova de que podemos contar com nossos vizinhos”, disse a embaixadora em agradecimento ao senador, em entrevista ao programa Em Pauta, do Globo News.

Empatia

Para o congressista Luiz do Carma, é necessário ter empatia com nossos vizinhos. “Da mesma forma que somos representantes do povo brasileiro, a Assembleia Nacional da Venezuela é a casa dos representantes do povo venezuelano. A possibilidade dessa casa ser fechada é um absurdo que não podemos ignorar”, argumentou.

Ele foi acompanhado por outros senadores, que reafirmaram o compromisso do parlamento brasileiro a mediar as crises enfrentadas pela Venezuela.

Apagão

Desde 7 de março, a Venezuela vive um apagou que já gerou prejuízos de até US$ 200 milhões. Hospitais têm tentado manter equipamentos em funcionamento, enquanto alimentos apodrecem, e 24 pessoas teriam morrido em decorrência do apagão, segundo a organização não governamental Médicos Pela Saúde.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chegou a dizer que a situação de calamidade se trata de uma estratégia dos Estados Unidos para desesperar a população e justificar uma invasão. “Faço um apelo aos coletivos, a todos, chegou a hora da resistência ativa, informando, ajudando, promovendo a atuação solidária entre famílias e comunidades”, discursou em rede nacional.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.