Lourival Louza se recusa a depor na CEI das Pastinhas e será acionado na Justiça

Empresário enviou comunicado afirmando que não é “objeto de investigação”. Vereadores aprovaram requirimento para condução coercitiva

Lourival Louza se nega a ir à CEI das Pastinhas | Foto: reprodução / A Redação

Lourival Louza se nega a ir à CEI das Pastinhas | Foto: reprodução / A Redação

O empresário Lourival Louza Junior se negou a prestar depoimento na Comissão Especial de Inquérito que investiga construções irregulares na capital. A oitiva na CEI das Pastinhas estava marcada para as 9 horas desta segunda-feira (31/8), mas Louza enviou comunicado via advogados afirmando que não iria.

Segundo o texto, o “objeto da CEI é apenas empreendimentos do Europark”. No entanto, o vereador e presidente da comissão, Elias Vaz (PSB), sustenta que esta visão é “equivocada”: “Até o momento, três empreendimentos do Grupo Flamboyant têm claros indícios de irregularidades”.

Após o não comparecimento, os vereadores aprovaram por unanimidade um requerimento que vai à Justiça pedir a condução coercitiva de Lourival Louza.

Vale lembrar que a reunião que ouviria o empresário e proprietário do shopping Flamboyant estava marcada para semana passada. No entanto, Elias Vaz aceitou adiar a oitiva após pedido dos advogados de Louza.

 

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.