Lissauer diz que será candidato ao Senado “em qualquer situação”

Presidente da Alego confirmou que, independente de estar ou não em uma chapa encabeçada por Caiado, ele será candidato no pleito de 2022

Lissauer Vieira, presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), confirmou nesta segunda-feira, 20, que será candidato ao Senado, em “qualquer situação”, seja na base, independente ou avulso. O anúncio foi feito durante a visita do presidente nacional do Partido Social Democrático (PSD), Gilberto Kassab (PSD). Segundo Kassab, o chefe do Legislativo goiano representa uma renovação na política.

Kassab enxerga Lissauer como um político capaz para ocupar a chapa majoritária de Ronaldo Caiado (União Brasil) em Goiás. Ao lado do governador e pré-candidato à reeleição, há vários nomes que disputarão um espaço em sua chapa e, até a definição do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a possiblidade de candidaturas avulsas, os pré-candidatos deverão mostrar sua musculatura política. Na última pesquisa eleitoral, divulgada pelo Instituo Paraná, Lissauer tinha 2,1% das intenções de voto. Kassab convocou o deputado para que dispute o Senado, independente de cenário eleitoral – até então, Lissauer defendia a candidatura em torno de um único nome na base de Caiado. “Vou fazer aqui uma convocação para que o Lissauer seja candidato qualquer que seja o modelo que o TSE definir. Respeitando os demais nomes, mas mesmo que tenha um, dois, três ou mais candidatos, eles vão saber que sairão para perder porque nós sabemos que você, Lissauer, será o mais votado”, disse Kassab.

Em resposta, o presidente da Alego assumiu o compromisso com a sigla. “Essa é uma missão dada pelos nossos presidentes do partido e por toda a nossa militância. Obviamente que vamos continuar defendendo uma sintonia dentro da base, mas o PSD tem pré-candidato ao Senado da República em qualquer situação, seja na base, independente, avulso, do jeito que for nós estamos juntos e eu preciso de vocês para vencer essa batalha”, declarou.

Participaram do encontro o presidente estadual do PSD, Vilmar Rocha; o presidente metropolitano, Simeyzon Silveira; o deputado federal Francisco Júnior; deputados estaduais Cairo Salim, Chico KGL e Max Menezes, vereadores por Goiânia, Lucas Kitão e Luciula do Recanto, lideranças políticas e pré-candidatos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.