Líder do PMDB diz que não é “empregado” de Iris e não faz parte da base

Deixado de fora de reunião, vereador Clécio Alves reiterou insatisfação com Paço e chegou a dizer que faz parte da oposição 

Clécio Alves na sessão do dia 14 de novembro | Foto: Alberto Maia

O vereador Clécio Alves (PMDB) tem sido uma das vozes mais incômodas ao Paço Municipal na Câmara. Apesar de se intitular aliado de primeira hora, o também líder do partido no Legislativo não esconde mais a insatisfação com o prefeito Iris Rezende (PMDB).

Na última terça-feira (14/11), voltou a reclamar da falta de compromisso da atual gestão. Ao contar que não havia sido convidado para uma reunião entre os vereadores da base aliada e o decano peemedebista na sede da prefeitura, ele chegou a dizer que faz parte, agora, da oposição.

“Prefeito deixou claro que eu sou vereador da oposição. Não sou funcionário do Paço, não sou empregado do prefeito, não me convidaram para essa reunião só isso já deixa claro. Prefeito está fazendo mutirão na minha região, dentro da minha casa, sequer me comunicou, então só isso já basta que ele me tem como oposição. Sou vereador do povo, independente, que vou defender o povo”, avisou.

Ainda durante a sessão, Clécio Alves voltou a pedir a palavra para reiterar que o próprio Iris teria afirmado que os integrantes da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Saúde são todos de oposição. “Se isso for oposição, sou o maior que ele terá nesta Casa”, completou.

A comissão investiga o caos na rede pública municipal de Saúde nos últimos anos, mas tem como um dos principais focos a atual gestão da pasta: comandada pela secretária Fátima Mrué (desafeto declarado do parlamentar).

 

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Alírio A Barbosa

O que a falta de cargos na prefeitura não faz – seja responsável vereador e pare de fazer cena para o público eleitoral – temos certeza que voltar os cargos que mantinha na época do Paulo Garcia, Vossa Excelência vai até sentar no colo do vein