Lei estadual altera regras para leilões de peças, carros sinistrados e sucata

O Detran terá maior poder para fiscalizar e punir ferros velhos irregulares com o projeto de Bruno Peixoto

Após aprovação de projeto de lei com autoria de Bruno Peixoto (MDB) e com emendas de Vinícius Cirqueira (PROS) a atividade de ferros velhos será alterada. Regulamentando a lei federal 12.977, também serão alteradas as atividades de empresários do ramo de desmontagem de veículos e comércio de peças.

Sergio Marques Duarte, gerente de Ações Integradas do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran), explica que o órgão já exerce vistorias e fiscalizações em ferros velhos, mas passará a poder também interditar, multar, notificar e arrecadar sucatas que agridam meio ambiente e saúde pública. 

Além disso, apenas pessoas jurídicas poderão participar do leilões com fim de arremate de peças. “Já é assim na lei federal e reforçamos em lei estadual”, afirma Sérgio Marques Duarte. “Interessados precisam se credenciar na autarquia Detran para ter acesso a leilões e arrematar sucata, sinistrados graves, veículos irrecuperáveis.” 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.