Lei autoriza transferência de áreas para a Codego e expansão de empresas no Daia

Presidente da Codego, Renato de Castro, e o governador Ronaldo Caiado em evento que sancionou lei

Foi sancionada nesta terça-feira, 27, a lei que autoriza a transferência por parte do governo de Goiás de uma área de 175 hectares da Plataforma Logística Multimodal de Anápolis para a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego).

Também foi assinado o termo que permite a expansão de quatro empresas no Distrito Agroindustrial de Anápolis, o Daia, e autorizou a instalação de uma agência dos Correios dentro do Distrito, a qual terá cerca de 1.100 metros quadrados de área construída.

O terreno em questão possui uma área de 1.163.427,17 metros quadrados. Com ele, a expectativa é de que sejam criados 108 módulos industriais, além de cerca de cinco mil novos empregos diretos.

Durante o mesmo evento também foi assinado o termo que permite a expansão de quatro empresas instaladas no Daia. São elas, a BRG Brasil Geradores, fabricante de geradores de energia elétrica, a Excel Construtora e Incorporadora, do ramo de construção civil, a Comtral Comércio e Transporte de Alimentos, que presta serviços de transporte de carga, e a Fortlev Indústria e Comércio de Plásticos Ltda, especializada na fabricação de reservatórios de água, tubos e conexões. Os investimentos das empresas devem somar cerca de R$ 56,4 milhões e devem gerar mais de 500 postos de trabalho.

José Vitti, secretário de Estado de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), afirmou que os projetos de infraestrutura e de ampliação da estrutura de fornecimento de água e de energia elétrica estão sob responsabilidade da SIC.

A proposta de transferência da área do Estado partiu da Governadoria e foi aprovada pela Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em junho. “No governo passado, essa área estava prestes a ser leiloada. Certamente, um núcleo empresarial arremataria esse espaço e seria dono dele sozinho, e o desenvolvimento da cidade estaria entregue a um grupo que, às vezes, não pensaria nela. Essa ampliação certamente será um novo símbolo do desenvolvimento de Anápolis”, reforçou o deputado estadual Amilton Filho ao falar sobre a área transferida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.