Lêda Borges: “Valparaíso reconheceu nosso trabalho e a liderança do governador Marconi”

Secretária e deputada estadual pelo PSDB comemora a eleição de Pábio Mossoró à prefeitura da cidade

Secretária Lêda Borges | Foto: Valdir Araújo/ Secretaria Cidadã

Secretária Lêda Borges | Foto: Valdir Araújo/ Secretaria Cidadã

A secretária estadual da Mulher, Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho, Lêda Borges (PSDB), visitou o Jornal Opção na última terça-feira (19/10), quando apresentou a decisão da Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás — que reformou, por unanimidade, a sentença condenatória que a cassava o mandato, aplicava multa e tornava inelegível.

Em entrevista, a tucana comemorou a absolvição, mas também aproveitou para comentar sobre a vitória de Pábio Mossoró (PSDB) para prefeito de Valparaíso. Em uma eleição que alguns davam como certa a derrota do grupo político comandado por ela, foram as urnas que responderam: mais de 8 mil votos de frente ante o suposto favorito, Afrânio Pimentel (PR).

“A cidade amadureceu politicamente, acho que até pelo que sofreu. Esta eleição vem como uma resposta, confirmando que minha gestão foi uma boa gestão para o povo; além disso para colocar um rapaz humilde, simples, mas muito sério no posto mais alto do Executivo. O povo nos honrou em acreditar, em dar o voto de confiança a esse projeto”, relatou.

Para Lêda Borges, outro ponto importante na vitória de Pábio é justamente a força política da base do governador Marconi Perillo (PSDB) na região. “Valparaíso reconheceu minha liderança, mas, acima de tudo, reconheceu o grande líder que é o governador Marconi. Saímos fortalecidos, unidos e coerentes”, completou.

Sobre os desafios que seu aliado irá enfrentar quando assumir a prefeitura da petista Lucimar Nascimento, a deputada garante será diminuir os gastos e colocar os serviços básicos para funcionar. “O mais importante é o enxugamento da máquina, equilibrar as contas e fazer o básico bem feito. Com isso, retomar o desenvolvimento, atraindo investidores, empresas, fomentando a instalação de empresas”, conjecturou.

Durante a entrevista, ele fez questão de destacar a participação e apoio que recebeu de aliados da base marconista, como o vice-governador José Eliton (PSDB), os deputados Célio Silveira (PSDB), Hélio de Sousa (PSDB), Jean (PHS), Claudio Meirelles (PR), Lincoln Tejota (PSD), bem como o secretário Vilmar Rocha (PSD).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.