Justiça manda soltar cunhada de Vaccari

Decisão veio após dúvidas sobre veracidade do vídeo em que Marice supostamente aparece em uma agência bancária fazendo depósito na conta da irmã

Foto: divulgação

Foto: divulgação

O juiz Sérgio Moro decidiu, nesta quinta-feira (23/4), pela soltura “imediata” de Marice Corrêa de Lima, cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto. Isso porque dúvidas foram levantadas quanto à veracidade do vídeo em que Marice estaria em uma agência do Banco Itaú. Procuradores presumiram que a cunhada do ex-tesoureiro estaria fazendo depósitos não nominais para a irmã Giselda Rousie, esposa de Vaccari.

Portanto, os procuradores acusaram Marice de ter mentido em depoimento, concedido um dia antes das imagens serem divulgadas. A cunhada de Vaccari garantiu que havia feito depósitos na conta da irmã em 2015, mas três valores foram identificados na conta de Giselda. A esposa de Vaccari, por sua vez, informou à Justiça Federal, na última quarta-feira (22), que é ela quem aparece nas imagens realizando depósitos na própria conta bancária.

Após a divulgação do vídeo, o juiz Moro afirmou que as imagens não deixavam margem para dúvidas. “Embora Marice não tenha sido identificada nominalmente, os vídeos não deixam . Moro.

Marice está presa desde o último día 17, dois dias após o mandado de prisão ser emitido. A prisão preventiva, que foi prorrogada no último dia 21, foi requerida pelo Ministério Público Federal. (Com informações da Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo)

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Rogério Maestri

Câmeras de caixas de banco tem a visão frontal da pessoa, a onde estão estas imagens?

Será que o Moro está com vergonha de mostrar para não ficar claro a falta de critério das prisões?