Justiça determina bloqueio de bens de prefeito de Castelândia por contratação em troca de apoio político

Prefeitura contratou homem sem habilitação para trabalhar como motorista, em período eleitoral, em troca de apoio político

Foto: Reprodução/Facebook

A Justiça determinou o bloqueio de bens do prefeito de Castelândia, Marcos Antônio Carlos, do ex-vereador Josuelio Cunha da Silva, da secretária municipal de Educação, Maria Antônia da Luz Rosa, e de Erian da Silva Nascimento, no valor de R$ 65.252,67.

A indisponibilidade de bens atende a um pedido do Ministério Público de Goiás. De acordo com o promotor Lucas Otaviano da Silva, da comarca de Maurilândia, a prefeitura teria contratado Erian, em período eleitoral, em troca de apoio político. O prefeito, com a intermediação do ex-vereador e a anuência da secretária, contratou o indicado para supostamente desempenhar a função de motorista. No entanto, Erian não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A ação pede ainda o ressarcimento do dano causado ao erário, em quantia mínima do valor do contrato, que é de R$ 10.252,67, e a indenização por danos morais coletivos, de 50 salários mínimos, ambos atualizados.

Em depoimento ao MP, Erian confessou a prática dos atos ilícitos, deu detalhes de sua admissão, que foi efetivada, na verdade, pelo então vereador Josuelio, deixando claro que ele e o prefeito sabiam da falta da CNH, mas que insistiram na contratação em troca de apoio político nas eleições de 2020.

O prefeito chegou a ser notificado para prestar esclarecimentos ao MP, mas não compareceu alegando participação em evento externo. Já Josuelio expôs sua versão, negando qualquer tipo de influência na negociação e que apenas teria indicado a Erian que procurasse a secretária para possibilitar sua contratação como motorista. Admitiu, no entanto, que os veículos da Educação estavam parados, em razão da pandemia e que nunca viu Erian dirigindo ônibus, apenas outras máquinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.