Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar ex-namorado de jovem assassinada

Deyvid Rodrigues Gomes é apontado como principal suspeito do homicídio

A juíza Luciana Abrão tornou preventiva a prisão em flagrante nesta quinta-feira (15/3) de Deyvid Rodrigues Gomes, suspeito de ter assassinado o amigo Alexandre de Assis, que horas antes teria matado a ex-namorada Yone Glória, em Trindade.

Na decisão a juíza considerou a necessidade de garantir “a ordem pública, a instrução criminal e a aplicação e eventual e futura da lei penal”.

O caso

Alexandre teria pedido carona para um amigo para pegar um dinheiro, mas na verdade foi ao encontro de Yone e a matou. De acordo com a Polícia Civil, os dois tinham um relacionamento de pouco mais de três meses e, no último domingo (11), a garota terminou o namoro, quando, então, foi ameaçada de morte.

Horas depois, da morte de Yone, Alexandre também foi morto a tiros. O amigo que deu carona, Deyvid, é apontado como principal suspeito do homicídio.

Em depoimento ao delegado Vicente Gravina, que é responsável pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Trindade, Deyvid afirma que deixou Alexandre em uma estrada em Abadia de Goiás e que após percorrer cerca de 200 metros escutou tiros e ao voltar já encontrou o amigo morto.

Deixe um comentário