Justiça condena herdeiros de Kid Neto a pagar indenização a Marconi

Desembargador entendeu que Kid Neto chamou o governador de contraventor e portanto, causou danos morais; Neto morreu em 2014

sdfasdf | Rarilton Damasceno (Kid); Fernando Leite (Marconi)

Kid Neto e governador Marconi Perillo (PSDB) | Fotos: Rarilton Damasceno / Fernando Leite

Bruna Aidar

Os herdeiros de Euclides José Neto, conhecido como Kid Neto, foram condenados nesta quinta-feira (29) a pagar indenização de R$ 3 mil ao governador Marconi Perillo (PSDB). Kid Neto faleceu em fevereiro de 2014, vítima de um câncer na bexiga. A decisão é do desembargador Fausto Moreira Diniz, da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO).

O processo foi baseado em uma tweet de Kid Neto em que ele dizia “…como esse governo de @marconiperillo é contraventor por natureza, usa o 45 sem nenhum pudor.”. Diniz entendeu que a mensagem associa o governador à contravenção: “ficou evidente a intenção de caracterizar o apelante como alguém que participa e integra a contravenção no Estado de Goiás”.

A decisão alterou uma sentença anterior, da 7ª Vara Cível de Goiânia, que havia considerado que a mensagem se referia à administração e não ao governador. No processo, Marconi critica Kid Neto porque ele “não se incumbiu de comprovar os fatos alegados ou justificar as ofensas proferidas”.

Deixe um comentário