Justiça condena herdeiros de Kid Neto a pagar indenização a Marconi

Desembargador entendeu que Kid Neto chamou o governador de contraventor e portanto, causou danos morais; Neto morreu em 2014

sdfasdf | Rarilton Damasceno (Kid); Fernando Leite (Marconi)

Kid Neto e governador Marconi Perillo (PSDB) | Fotos: Rarilton Damasceno / Fernando Leite

Bruna Aidar

Os herdeiros de Euclides José Neto, conhecido como Kid Neto, foram condenados nesta quinta-feira (29) a pagar indenização de R$ 3 mil ao governador Marconi Perillo (PSDB). Kid Neto faleceu em fevereiro de 2014, vítima de um câncer na bexiga. A decisão é do desembargador Fausto Moreira Diniz, da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO).

O processo foi baseado em uma tweet de Kid Neto em que ele dizia “…como esse governo de @marconiperillo é contraventor por natureza, usa o 45 sem nenhum pudor.”. Diniz entendeu que a mensagem associa o governador à contravenção: “ficou evidente a intenção de caracterizar o apelante como alguém que participa e integra a contravenção no Estado de Goiás”.

A decisão alterou uma sentença anterior, da 7ª Vara Cível de Goiânia, que havia considerado que a mensagem se referia à administração e não ao governador. No processo, Marconi critica Kid Neto porque ele “não se incumbiu de comprovar os fatos alegados ou justificar as ofensas proferidas”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.