Em ligação, Jovair avisa Caiado que PTB rejeita fusão com DEM

Decisão vem após tensa reunião da executiva petebista, que atravessou a madrugada. Senador chamou tentativa de “o maior antagonismo da história da política brasileira”

page

Senador Ronaldo Caiado (esquerda) e deputado federal Jovair Arantes concordam em pelo menos uma coisa: fusão entre DEM e PTB não deve ir em frente | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Em uma publicação em seu perfil no Facebook, o senador Ronaldo Caiado (DEM) afirmou ter recebido uma ligação do líder do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes, nesta quarta-feira (8/4) dizendo que seu partido rejeita prosseguir com a fusão ao Democratas.

No fim da tarde de ontem o senador havia deixado claro seu repúdio a possível união entre as legendas. O anúncio veio após reunião da executiva nacional de seu partido, que decidiu a continuação das negociações com o PTB.

Segundo o líder do Democratas no Senado, Jovair teria dito que a maioria dos deputados e senadores do PTB não se juntaria a um partido de oposição. O senador reforçou sua posição contrária à fusão, afirmando que esta seria “sem pé nem cabeça”, comparando com uma união entre Getúlio Vargas e Carlos Lacerda, o que classificou como “o maior antagonismo da história da política brasileira”.

“No momento em que deveríamos estar colhendo os frutos por nossa resistência em ser a verdadeira oposição ao PT, no momento em que mais e mais pessoas se identificam e se engajam com nossa causa, estaríamos, não só enterrando o último resquício de coerência ideológica da direita no país. Estaríamos enterrando a própria direita do Brasil”, afirmou o democrata.

De acordo com o jornal “O Globo”, o PTB teria decidido em uma reunião realizada no último dia 7 por “consultar melhor as bases” do partido até setembro. Ainda segundo a publicação, Jovair Arantes deve divulgar um documento comunicando a decisão do partido.

Confira a publicação de Ronaldo Caiado na íntegra:

Acabo de receber uma ligação do líder do PTB, Jovair Arantes, dizendo que seu partido REJEITOU dar prosseguimento à fusão com o Democratas. Que a ampla maioria de deputados e senadores, 25 votos (número simbólico, não?), disse que não se juntaria com um partido de oposição. Que constrangimento para a nossa Executiva. Rejeitado pelo PTB governista. Eu disse ontem que essa fusão era um erro. Precisou receber uma lição de coerência de um partido da base do governo para dar uma chacoalhada no DEM oposicionista. É constrangedor, mas sou obrigado a concordar com tudo o que Jovair Arantes disse sobre essa fusão sem pé nem cabeça. Juntar PTB com Democratas seria como juntar Getúlio Vargas com Carlos Lacerda, o maior antagonismo da história da política brasileira. No momento em que deveríamos estar colhendo os frutos por nossa resistência em ser a verdadeira oposição ao PT, no momento em que mais e mais pessoas se identificam e se engajam com nossa causa, estaríamos, não só enterrando o último resquício de coerência ideológica da direita no país. Estaríamos enterrando a própria representação da direita na política brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.