Jovair Arantes é citado em diálogo sobre propina no Ministério do Trabalho, diz Veja

Reportagem completa ainda não foi divulgada, mas publicação adianta que esquema de lobistas envolvia o alto escalão do PTB

Divulgação

A edição da revista Veja que chega às bancas nesta sexta-feira (2/3) traz uma denúncia de esquema de propina dentro do Ministério do Trabalho comandado pelo PTB. A publicação traz o diálogo entre dois lobistas, gravado pelo empresário gaúcho Afonso Rodrigues de Carvalho no ano passado. 

Na conversa, os lobistas pedem R$ 4 milhões em troca de um serviço junto à pasta, que seria articulado pelo deputado federal goiano Jovair Arantes, líder do PTB na Câmara. Ainda de acordo com a publicação, o empresário tem várias empresas do ramo de transportes na cidade de Anápolis.

Veja trecho do diálogo já divulgado:

Lobista 2: (…) A gente vai ter até que envolver o deputado Jovair…

Empresário: Não é o Jovair Arantes?

Lobista 2: É… O Jovair está junto com a gente, porque ele tem força e por ser do meu estado de Goiás. Eles tinham feito um cálculo. Eles tinham pedido 500 000 para pagar a parte técnica, para pagar as pessoas envolvidas lá e uma ponta para o Jovair. E 2,5 (milhões de reais) quando sair…

 

O Jornal Opção não conseguiu contato com o deputado goiano. A Veja registra que todos os citados negam envolvimento em tratativas ilícitas, exceto um dos lobistas que confirmou à reportagem a cobrança e o pagamento de propina.

Deixe um comentário