Jovair Arantes diz que saída do PTB é página virada e que MDB é o futuro

“Eu entendo que política se faz construindo, esse negócio do disse que me disse, de quem deu rasteira em quem, isso não vem ao caso”, afirmou

Foto: Lívia Barbosa/Jornal Opção

O ex-deputado federal Jovair Arantes, durante cerimônia de filiação ao MDB nesta segunda-feira, 7, disse que sua saída conturbada do PTB já é página virada. “Estamos aqui para falar de futuro, para falar do Movimento Democrático Brasileiro, que é forte!”, afirmou.

Segundo ele, com o novo caminho na sigla, a ideia é pensar em um novo rumo para Goiás. “Unindo nomes como o do presidente estadual Daniel Vilela, de Maguito Vilela e Henrique Arantes”, frisou.

Jovair ainda disse que não há porque remoer o que levou à sua saída do PTB. “Eu entendo que política se faz construindo, esse negócio do disse que me disse, de quem deu rasteira em quem, isso não vem ao caso. O que interessa aqui é a construção em Goiás de um novo sistema, uma nova política. Eu sou antigo, mas tenho ideias novas e é nessa direção que vamos caminhar”, explicou.

Posicionamento

Questionado se atuaria na oposição, ele disse que trabalharia por Goiás. “Como sempre trabalhei, foram 24 anos em Brasília, trazendo recursos e construindo um Estado. Estamos em uma nova sigla e respeitaremos a sua orientação”, disse.

É preciso frisar que o MDB, que teve Daniel Vilela adversário do governador Ronaldo Caiado (DEM), sofreu uma divisão na eleição 2018, quando parte acompanhou o partido e parte apoiou o democrata. Com isso, o partido deu independência para seus filiados se posicionarem em relação ao Governo.

Desde então, o presidente estadual tem atuado como oposição enquanto a bancada na Assembleia se alinha na base. A filiação de Jovair Arantes e de seu filho Henrique Arantes, vêm para mudar esse cenário, já que o último tem atuado na Assembleia como oposição e pretende continuar assim.

Foi, inclusive, esse posicionamento que fez com que os Arantes fossem expulsos do PTB. Roberto Jefferson, presidente nacional, mexeu as cadeiras no diretório estadual, alinhando o partido ao governo, com isso, Jovair e Henrique, que são oposição, ficaram na contramão, levando à mudança de partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.