Infectologista explica por que cruzeiros estão tendo surtos de Covid-19

Leonardo Weissmann, explicou os motivos do fenômeno: ambiente confinado, sem isolamento ou máscaras e novas variantes

Foto: Reprodução/GloboNews

Atualmente, cinco cruzeiros na costa brasileira estão com surtos de Covid-19 à bordo. Em entrevista à GloboNews, o médico infectologista do Instituto Emílio Ribas, Leonardo Weissmann, explicou os motivos do fenômeno: ambiente confinado, sem isolamento ou máscaras e novas variantes. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que brasileiros evitem viagens de navio, instrução que Leonardo Weissmann classificou como sensata. Entretanto, a agência não tem o poder de cancelar as viagens em cruzeiros. “É uma sugestão da Anvisa que as pessoas deveriam entender a razão. As pessoas precisam compreender que não é a hora de ir para um cruzeiro. É melhor aguardar um pouquinho para poder curtir de verdade, sem preocupação com acabar com suas férias adoecendo de Covid-19”.

O médico infectologista também lembrou que a vacina previne formas graves e óbitos pela doença, mas não garante 100% de imunidade à infecção. Para se garantir que não haja contaminação, a vacina precisa ser associada à medidas não farmacológicas, como o uso máscara e distanciamento físico. 

“Todos estamos cansados do vírus, mas o vírus não se cansa da gente”, disse Leonardo Weissmann. “O vírus continua se multiplicando e mutando, criando novas variantes. Temos de lembrar que um quarto da população não tomou dose alguma da vacina e que um terço da população que não completou a imunização”, concluiu o infectologista. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.