Segundo Pesquisa Industrial Mensal (PIM), setor registra desaceleração da atividade. Em maio, o aumento registrado foi de 4,8%

 

IBGE divulga dados sobre crescimento da indústria em estados brasileiros.

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o setor industrial no estado de Goiás cresceu 0,8% no mês de julho. As informações são da chamada Pesquisa Industrial Mensal (PIM), a qual demonstra que a indústria goiana continua crescendo desde o mês de maio, porém, alcançando índice menor do registrado em maio, quando a alta foi de 4,8%.

Em maio, o crescimento no setor industrial de Goiás chegou a superar índices alcançados pelos estados de Minas Gerais e São Paulo. José Vitti, secretário de Indústria, Comércio e Serviços, atribuiu esse resultado aos esforços que o governo do estado vinha fazendo para consolidar o setor industrial em Goiás, estado mais conhecido por sua produção no ramo da agropecuária.

A nível nacional 

A pesquisa do IBGE evidenciou ainda que 7 dos 15 locais pesquisados na PIM-PF para o mês de julho apresentaram um recuo em seus setores industriais, sendo que aqueles que observaram as maiores taxas de queda foram: Amazonas – com recuo de 14,4% – seguido por São Paulo – que apresentou recuo de -2,9% – e Minas Gerais – recuo de 2,6%. A produção industrial nacional caiu 1,3% de acordo com dados do IBGE.

O analista responsável pela Pesquisa Industrial Mensal, Bernardo Almeida, afirmou que os índices evidenciados pelo mês de julho denotam que o retrato da indústria já está se assemelhando novamente ao que era observado antes da pandemia de Covid-19, diferenciando-se por alguns aspectos, como os que dizem respeito ao aumento da inflação e também do desemprego.