Incomodado com latidos, homem corta patas de cachorro e o deixa agonizar

Sandro Pereira de Melo confessou à polícia que mutilou animal com um podão, caso aconteceu no interior de Goiás

Foto: divulgação

A Polícia Civil identificou, na tarde desta segunda-feira (29/5), o autor da morte brutal de um cachorro no interior de Goiás. Sandro Pereira de Melo confessou ter cortado as duas patas dianteiras do animal e o deixado agonizar até a morte.

O crime aconteceu em março deste ano em um abrigo temporário de animais de Iporá (a 215 km de Goiânia), a Associação Vida, e foi motivado, segundo o próprio autor, porque este estava incomodado com os latidos.

Segundo o delegado Ramon Queiroz, responsável pelo caso, Melo confessou o crime e contou que mutilou o cão utilizando um podão; em seguida o jogou dentro do cercado onde ficam os animais resgatados. Ele relatou também que havia matado outro cachorro pouco tempo depois com uma paulada na cabeça.

O autor será indiciado pelo crime de mutilação e maus tratos de animais, previsto na Lei Ambiental. “No entanto, ele foi apenas conduzido. Como a pena é muito pequena, foi ouvido e liberado. Responderá em liberdade”, explicou o delegado.

O autor do crime e a arma usada para mutilar o cachorro | Fotos: PC

 

6 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Marlize

Filho do capeta…tomara que teu pai venha te buscar para morar no inferno!!

Cristina Almeida

Alguém deveria mutilar esse demônio

Cris

“A pena foi mto pequena” ?????? Peraí, EU NÃO LI ISSO.
Se for assim, já q esse DESGRAÇADO vai permanecer pelas ruas, vamos mutilá-lo tbm, pq não haverá pena pra nós, já q se trata de um caso qlq, não é?
Maldito, já q vai continuar solto, então q daqui pra frente sua vida seja um VERDADEIRO INFERNO. Espero q seja reconhecido pela população e seja LINXADOOOO até morrer.

Renato

Desgraçado…vocês aí da cidade vão deixar um jagunço desse á solta? Peguem ele de enxada. Não pode ficar asism impune, sem ao menos reparar os danos da ONG/Protetores financeiramente…

Marisa

Desgraçado fdp!! Alguém macho o suficiente em Iporá para fazer um favor à humanidade e acabar com este vagabundo?

Sérgio Prado

Caramba é cada comentário esquisito! mutilar uma pessoa por ter mutilado um animal? o cidadão cometeu o crime e vai pagar por isso, agora desejar a mutilação ou morte de uma pessoa por causa de um cachorro? meu Deus!!!!

Celina

Você acha que um animal sentir uma dor horrível como essa e agonizar até a morte é normal? Ele vai pagar o que pra justiça neste país? ???? E tem mais se faz com animal faz com gente…cuidado!!

Rosangela

Um cachorro que não tem defesa nenhuma, pra você isso é normal? pelo amor de Deus, por menos pessoas como você nesse mundo !!