Humberto Aidar rebate insinuações e diz que processará JBS

Lista com deputados estaduais goianos que teriam recebido dinheiro para a campanha de 2014 soma seis nomes 

Humberto Aidar | Foto: Marcos Kennedy

O deputado estadual Humberto Aidar (PT-GO) disse ao Jornal Opção na manhã desta quarta-feira (31/5) que irá processar a J&F, holding que controla a JBS Friboi, por danos morais. Segundo o petista, as insinuações de que ele teria recebido R$ 5 mil em doações irregulares de campanha são “mentirosas e fora da realidade”.

Há mais de 20 anos no Parlamento goiano, Aidar foi categórico ao dizer que não conhece e nunca se encontrou com nenhum dos executivos do grupo — incluindo o ex-presidente, Joesley Batista, e Ricardo Saud (ambos fizeram delação premiada).

“Não faz o menor sentido um deputado estadual de cinco mandatos pedir R$ 5 mil em caixa dois para campanha. Todas as doações que recebi em 2014 foram informadas ao TSE [Tribunal Superior Eleitoral] e as contas aprovadas”, sentenciou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.