Homem é condenado por matar deficiente mental que perdeu seu carrinho de mão

Homicídio aconteceu em maio de 2010 em Terezópolis de Goiás

Um homem foi condenado a 18 anos de prisão pela morte de Erivelto Francisco Filho, ocorrida em Terezópolis de Goiás, em maio de 2010.

O homicídio triplamente qualificado praticado por Divino Carlos Monteiro do Nascimento foi contra um portador de necessidades especiais, encontrado debaixo de uma cerca de arame, em um lote baldio, em frente a um posto de saúde da cidade.

De acordo com a denúncia, dias antes do homicídio, o réu foi até a casa de Erivelto querendo receber um carrinho de mão que tinha emprestado a ele, mas soube que ele tinha sido furtado.

Divino, então irritou-se, mesmo quando a mãe da vítima assumiu a responsabilidade de pagar pelo objeto.

De acordo com a perícia, a vítima foi morta com múltiplos golpes com uso de instrumento de peso e pontiagudo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.