Governo libera dia 24 tráfego de carretas na GO-118 e reabre ponte do Rio Santa Tereza

Mais de R$ 80 milhões estão sendo investidos pelo Governo de Goiás em quatro contratos emergenciais para atender às rodovias goianas

A liberação do tráfego de carretas na GO-118, de Alto Paraíso a Teresina, foi prevista pelo Governo de Goiás. Por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), a rodovia vai ser liberada no próximo dia 24 de janeiro. O anúncio foi feito pelo presidente da agência, Pedro Sales, durante vistoria às obras que são executadas na rodovia, importante ligação da região da Chapada dos Veadeiros. 

O trecho da GO-118 foi liberado para o tráfego de veículos pequenos no dia 6, depois de ser totalmente interditado na semana do Natal, por conta de uma erosão no leito da rodovia, provocada pelas chuvas. A Goinfra executou, em regime emergencial, serviços de reforço do talude para estabilizar o aterro e abrir meia faixa para o trânsito de veículos pequenos. Agora, realiza a segunda etapa da obra, que é a reconstrução da rodovia.

Nesta semana, o responsável pela agência também vistoriou outros trechos que recebem ações emergenciais das equipes de manutenção nas regiões Norte e Nordeste do Estado. Acompanhado pela equipe de engenheiros e supervisores, Pedro Sales conferiu o andamento dos serviços na GO-241, onde o encabeçamento da ponte sobre o Rio Tereza, entre Formoso e Santa Tereza de Goiás, sucumbiu à força das águas pluviais. No local, a Goinfra executa a reconstrução da estrutura e o trânsito deve ser liberado na próxima quinta-feira, 13 de janeiro.

“Será o tráfego controlado, no sistema pare e siga, e depois de mais alguns dias de trabalho, vamos soltá-lo plenamente”, explica Pedro Sales. “Estamos agindo no Norte e Nordeste goianos com todas as nossas forças, com todas nossas equipes de plantão. Vamos conseguir passar esse momento de dificuldade, dando assistência à população e mantendo a trafegabilidade das nossas rodovias”, disse também.

Ao longo do percurso, Sales também vistoriou a GO-244, no trecho que liga Porangatu à GO-142, via ainda em leito natural e onde a Goinfra promove serviços para dar trafegabilidade aos usuários, como a melhoria da pista em pontos de atoleiros. Na programação, há previsão de reconstrução do encabeçamento de uma ponte nesse trajeto, que também foi afetada pelas chuvas.

Plano de contingência

O Governo de Goiás investe R$ 80 milhões em quatro contratos emergenciais para atender as rodovias mais afetadas pelas chuvas no Nordeste e Norte goianos desde o dia 23 de dezembro de 2021. No plano de contingência, há ações em execução em benefício dos municípios de Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul, Teresina de Goiás, Cavalcante, Monte Alegre de Goiás, Campos Belos, Divinópolis de Goiás, São Domingos, Iaciara, Formoso, Niquelândia, São João d’Aliança, Guarani de Goiás e Flores de Goiás, entre outros.

Além dos pontos vistoriados, a Goinfra atua na GO-132, entre Niquelândia e Colinas do Sul; na GO-110, de Divinópolis a Campos Belos e entre Iaciara e Água Quente; na GO-447 entre Divinópolis e Monte Alegre; na GO-108 entre Guarani de Goiás a Posse; na GO-446, de Iaciara a Posse; e em diversos outros trechos que estão sendo afetados pelas fortes chuvas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.