Governo garante R$ 3,8 milhões para agricultura familiar no Tocantins

Parceria faz parte de projeto-piloto da Anater, que contemplará 50 municípios tocantinenses

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) assinaram, na última sexta-feira (1º/12), um instrumento de parceria para beneficiar mil famílias de agricultores do Tocantins, com a oferta dos serviços de assistência técnica e extensão rural em atividades agrícolas.

A assinatura ocorreu durante a realização da 53ª Assembleia Geral Ordinária da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer), evento que reuniu representantes de todos os Estados do país, em Cuiabá, capital do Mato Grosso.

A parceria faz parte do projeto-piloto da Anater, que destinará recursos na ordem R$ 3.809.680 e contemplará agricultores de 50 municípios tocantinenses, abrangendo as sete regionais do Ruraltins, distribuídas em todo Estado. A iniciativa contará com a participação de 100 técnicos do órgão, que irão desenvolver ações sequenciadas nas propriedades rurais beneficiárias. A proposta de trabalho tem início nesta semana, quando membros da equipe coordenadora passarão por um treinamento em Brasília.

O presidente do Ruraltins, Pedro Dias, ressalta que exercer uma assistência técnica de qualidade, aos agricultores, tem sido a grande preocupação do órgão, e que essa parceria com a Anater, visa atingir esse objetivo.

“Queremos oportunizar, às famílias beneficiárias, uma assistência técnica continuada que garanta sua organização, o acesso às políticas públicas e as tecnologias apropriadas, para que diversifiquem sua produção e tenham emprego e renda. Com certeza, esse projeto vai qualificar ainda mais nossas ações e alcançaremos bons resultados”, disse o gestor, acrescentando que os recursos irão custear as despesas dos profissionais do Ruraltins que vão a campo, dentre elas pagamento de combustível, diárias e manutenção de veículos.

Projeto-piloto

O investimento no projeto-piloto da Anater garantirá assistência técnica para as famílias rurais até abril de 2020, quando se encerra o contrato de gestão. Os recursos também serão usados na qualificação dos extensionistas que atuam no Estado.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.