Governo federal autoriza Goiás a financiar US$ 510 milhões junto ao Banco Mundial

Empréstimo permitirá ao Estado liquidar dívida com Banco do Brasil e economizar mais de R$ 700 milhões na transação

O Ministério da Economia aprovou que Goiás tome financiamento no valor de US$ 510 milhões, junto ao Banco Mundial, para o Programa de Sustentabilidade Fiscal, Econômica e Ambiental. O empréstimo permitirá ao Estado liquidar dívida com o Banco do Brasil (BB), feita em 2013, e contratar uma nova, de valor igual, mas em condições financeiras mais vantajosas, com menores taxas de juros. Com essa nova medida, os cofres públicos estaduais devem economizar mais de R$ 700 milhões. O contrato deve ser firmado até junho.

O aval para o empréstimo foi dado durante reunião da Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), na última quinta-feira, 17. “Estamos avançando para o equilíbrio fiscal”, afirmou o governador Ronaldo Caiado. A secretária da Economia, Cristiane Schmidt, explicou que, sem a adesão do Estado ao programa de Regime de Recuperação Fiscal (RRF), em dezembro do ano passado, não seria possível fazer a troca do empréstimo.

Na nova operação, Goiás terá prazo de 17 anos para quitar a dívida, com três de carência. O Estado, foi o primeiro e o único até o momento, beneficiado pela União e também o único a cumprir as metas necessárias para o ingresso ao RRF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.