Governo de Goiás paga auxílio emergencial a trabalhadores da cultura

Valor inicial liberado é de R$ 555 mil, dos quais R$ 465 mil já foram repassados aos proponentes contemplados na Lei Aldir Blanc

O governo de Goiás, por meio da Secretaria de Cultura (Secult Goiás), deu início ao pagamento do auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc aos trabalhadores da cultura em Goiás aprovados no certame. Nesta segunda-feira, 14, repasses foram efetuados nas contas dos proponentes contemplados.

Os pagamentos começaram na quinta-feira, 10 quando foram creditados no Banco do Brasil, que faz o repasse gradual.

O valor inicial liberado é de R$ 555 mil, dos quais R$ 15 mil foram estornados em razão de pendências bancárias, erro de conta, CPF e outros. Porém, gradualmente, o banco cobrirá o pagamento, de acordo com o sistema operacional da instituição. Até o momento, já foram pagos o valor de R$ 465 mil.

Com relação aos estornos, a Secretaria de Cultura informa que já encaminhou os arquivos para a área demandante, para que sejam apuradas e solucionadas todas as pendências.

“O governo prima pelo compromisso e lisura em todo o processo de distribuição dos recursos para atender, da melhor maneira possível, todos os contemplados pela Lei Emergencial”, reforçou o secretário de Cultura, Adriano Baldy, acrescentando que todas as medidas necessárias estão sendo tomadas para que nenhum artista cadastrado na lei deixe de receber o benefício que lhe é de direito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.