Governador e vice-governador estiveram presente em evento promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás; objetivo é diminuir os elevados índices de infestação do Aedes Aegypti

O lançamento do Dia D de Combate ao Mosquito Aedes Aegypti ocorreu nesta quinta-feira, 12, no Parque da Lagoa, Parque Industrial João Braz, em Goiânia. O projeto é uma ação do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, com apoio da Vice-Governadoria por meio do Programa Goiás de Resultados. O objetivo é diminuir os elevados índices de infestação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, além de conscientizar a população para a adoção rotineira de eliminação de focos de água parada, que servem de criadouros do vetor. No evento, esteve presente o governador de Estado, Ronaldo Caiado (UB) e o vice-governador, Lincoln Tejota (UB). Em parceria com a Prefeitura de Goiânia, ação também contou com o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos).

Atualmente, Goiânia é a capital com maior número de casos da doença no país. Além disso, o município tem o maior número de mortes confirmadas em 2022. Dos 34 óbitos em decorrência da dengue que ocorreram em Goiás, nove são da capital. “De janeiro a maio, houve aumento de mais de 300% no número de casos de dengue em Goiás. O nosso governo está preocupado com este momento. A dengue é um inimigo já estabelecido no nosso Estado e não pode ser esquecido”, disse Lincoln Tejota, que também é coordenador do Programa Goiás de Resultados.

Além disso, durante a mobilização, agentes de endemias, agentes comunitários e profissionais da Secretaria de Saúde devem realizar visitas domiciliares aos moradores para conscientizá-los quanto aos cuidados para evitar a proliferação de doenças causadas pelo mosquito. Enquanto isso, os bombeiros vão utilizar drones para identificar criadouros do mosquito em locais de difícil acesso, e também atuar na logística das ações a serem desenvolvidas pelos agentes e fazer vistorias nos órgãos públicos.