Governo consegue transferência de Davi para tratamento no Albert Einstein, em São Paulo

Bebê de dois anos, diagnosticado com Síndrome de Imunodeficiência foi transferido nesta quarta-feira e terá tratamento gratuito em São Paulo

Aline e Davi partiram de Goiânia nesta quarta-feira (28/4) | Foto: Reprodução / Facebook

Aline e Davi partiram de Goiânia nesta quarta-feira (28/4) | Foto: Reprodução / Facebook

Davi Lima de Souza, de 2 anos foi transferido do Hospital Araújo Jorge, em Goiânia, na manhã desta quarta-feira (28/4) para receber tratamento no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, um dos maiores centros médicos da América Latina. O garoto, que atualmente pesa 5,3 kg, foi diagnosticado com a Síndrome de Imunodeficiência Combinada quando tinha 1 ano e meio e sofre de complicações por causa da doença.

A criança chegou a fazer o transplante de medula, que recebeu do irmão mais velho, mas acabou desenvolvendo um grave problema no intestino. Por causa da doença, a quantidade de linfócitos (células de defesa) diminuiu consideravelmente.

O presidente da instituição, do hospital Albert Einstein, Cláudio Lottemberg atendeu ao pedido do governador Marconi Perillo (PSDB) e hospital vai oferecer internação gratuitamente. O governador telefonou para os pais de Davi para dar a boa notícia.

Secretaria de Estado da Saúde de Goiás disponibilizou um avião UTI para levar Davi, a mãe do garoto, Aline Siqueira Limae, e mais um acompanhante para São Paulo.
Em entrevista à TV Record, na noite da última quarta-feira (27/04), a mãe do garoto, agradeceu ao governador pelo empenho. “Estou muito feliz. Agradecida a Deus, em primeiro lugar. Graças a Deus, conseguimos uma resposta do governador Marconi. Estou aqui para agradecer a todo mundo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.