Governo assina protocolo de intenções com empresa que irá investir no Estado em 2016

Documento formaliza investimentos da Brasil e contrapartidas do Estado para instalação de indústria de extração, captação e envase de água mineral

Projeto da Brasal para Luziânia | Foto: Wildes Barbosa

Projeto da Brasal para Luziânia | Foto: Wildes Barbosa

O governador Marconi Perillo (PSDB) recebe nesta terça-feira (8/12) o presidente da Brasal, Osório Adriano Filho, para assinatura de protocolo de intenções, que prevê a implantação da indústria de extração, captação e envase de água mineral no município de Luziânia.

O documento será assinado no Palácio Pedro Ludovico e formalizará os investimentos da Brasal e contrapartidas do governo para a instalação da unidade, que movimentará cerca de R$ 47 milhões por parte da empresa.

A fábrica de água mineral ficará a 50km da cidade e utilizará a fonte Bom Jesus, que tem uma vazão total de 800 m³/h. A instalação do complexo terá início em janeiro e término previsto para agosto de 2016, devendo entrar em operação em setembro. As obras de terraplanagem já iniciaram.

“Após a analise detalhada das potencialidades, aspectos mercadológicos e incentivos, a empresa optou mais uma vez por apostar na força do Estado. Acreditamos que o investimento será positivo também para a sociedade goiana”,  afirmou o presidente da Brasal.

Entre as contrapartidas previstas por parte do governo, estão a implantação dos serviços de água e energia, por parte das concessionárias Celg e Saneago, bem como a pavimentação da estrada de acesso ao município.

Este não é o primeiro investimento realizado em  Goiás pela Brasal, um dos maiores grupos empresariais da região Centro-Oeste do Brasil, que atua nos segmentos de incorporações e construção imobiliária, produção e distribuição de bebidas, revenda de veículos e comercialização de combustíveis. Com 52 anos de mercado, a Brasal tem acompanhado e participado do intenso desenvolvimento do Distrito Federal, Goiás e Noroeste de Minas Gerais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.