Goiás tem saldo positivo na geração de empregos pelo quinto mês consecutivo

Com pouco mais de 56 mil admissões, contra 44 mil desligamentos, em maio, Estado lidera estatísticas no Centro-Oeste, apontam dados divulgados pelo Ministério da Economia. Acumulado dos cinco primeiros meses de 2021 já é superior a todo registro de 2020.

Pelo quinto mês consecutivo, o Estado de Goiás tem saldo positivo na geração de empregos com carteira de trabalho assinada. Os dados são do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério da Economia, e foram divulgados na quinta-feira, 1º. De acordo com o Caged, Goiás registrou saldo de 11.895 novos empregos formais no mês de maio, o que lhe assegura a primeira colocação entre os Estados da região Centro-Oeste. Esse resultado é fruto de 56.390 admissões contra 44.495 desligamentos.

O saldo de janeiro a maio é resultado das 285.630 admissões contra 222.847 desligamentos. Com esse resultado, Goiás supera, nos cinco primeiros meses de 2021, todo o registro de 2020, quando 26.258 carteiras de trabalho foram assinadas. Entre os setores por atividade econômica que mais geraram empregos está o de serviços com 3.881 vagas, seguido por indústria (2.584), comércio (2.502), construção (1.874) e agropecuária (1.054).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.