Goiânia, Aparecida e Anápolis suspendem aplicação da AstraZeneca em gestantes

A orientação é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANS) após monitoramento de efeitos adversos constantes no país

Vacina Oxford, AstraZeneca | Foto: reprodução

Com a repercussão da morte de uma gestante após ser imunizada com dose de vacina da AstraZeneca, no Rio de Janeiro na noite desta segunda-feira, 10,  as Secretarias de Saúde de Goiânia, Aparecida e Anápolis emitiram nota suspendendo a aplicação do imunizante em gestantes a partir desta terça-feira, 11.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota técnica em que orienta que a bula da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca/Fiocruz seja estritamente seguida. Nela, não consta o uso do imunizante em gestantes. Portanto, a recomendação é a suspensão imediata do uso no grupo. Apesar da existência de dois casos de morte de gestantes após a aplicação da vacina, sendo um do Rio de Janeiro, outro na Bahia, o Ministério da Saúde confirmou a investigação de apenas um deles.

Confira a íntegra das notas dos três municípios goianos:

Goiânia

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) da Prefeitura de Goiânia suspendeu, a partir desta terça-feira (11/05), a aplicação da vacina AstraZeneca/Fiocruz em gestantes. A orientação é da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANS) após monitoramento de efeitos adversos constantes no País.

Apesar de ainda não ter recebido comunicado oficial da Anvisa, a SMS recomendou imediatamente às equipes quanto à suspensão da aplicação da vacina AstraZeneca em gestantes. A Secretaria orienta que as pacientes agendem seu atendimento vacinal para as 12 unidades de saúde nas quais há aplicação de doses do imunizante Pfizer BioNTech, no aplicativo Prefeitura 24 horas.

Todas as gestantes ou puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), que integram o grupo de comorbidades no Plano Nacional de Vacinação (PNI), estão liberadas para vacinação, com idades entre 18 a 59 anos, e devem apresentar documento que comprova a gestação, documento pessoal com foto, CPF e comprovante de endereço.

As gestantes que tinham agendamento para locais distintos dos postos de saúde indicados devem cancelar o agendamento anterior e reagendar para uma das 12 unidades.  Aquelas que já tomaram o imunizante Astrazeneca têm a orientação de observação de reações pós aplicação. Qualquer alteração, buscar orientação médica.

Aparecida

A Secretaria de Saúde de Aparecida de Goiânia esclarece que, seguindo as orientações de Nota Técnica elaborada pelo Ministério da Saúde, aplicou a vacina AstraZeneca em gestantes e puérperas com comorbidades no período de 5 a 10 de maio.

A vacinação seria ampliada para todas as gestantes e puérperas (independente da presença de doenças crônicas) nesta quarta-feira, 12 de maio. Porém, em virtude da recomendação da Anvisa, a Secretaria aguarda a chegada de uma nova remessa de vacinas, de outros laboratórios com permissão para esse público, para retomar a iniciativa.

A Secretaria esclarece que não houve registro de nenhum evento adverso entre gestantes e puérperas que receberam a imunização contra a Covid-19.

Anápolis

A Secretaria Municipal de Saúde informa que, devido à orientação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), está suspensa a aplicação da vacina da AstraZeneca em gestantes a partir desta terça-feira, 11. A recomendação foi seguida pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde que já está elaborando Nota Técnica sobre a suspensão.

Segundo a Anvisa, a administração em gestantes não está prevista na bula da vacina o que significa que não há estudos científicos para este grupo. A suspensão será mantida até nova orientação do Ministério da Saúde que também deverá de manifestar sobre a aplicação da segunda dose neste caso específico. Sobre as puérperas não foi recomendada nenhuma advertência, portanto, a vacinação continua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.