Geraldo Alckmin anuncia saída do PSDB após 33 anos no partido

Ex-governador de São Paulo é cotado a vice de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mas ainda não anunciou seus próximos passos

Em suas redes sociais, o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou, nesta quarta-feira, 15, sua desfiliação do PSDB. O ex-tucano esteve no partido por mais de três décadas, e afirmou que em breve deve anunciar seus próximos passos.

“É um novo tempo! É tempo de mudança! Nesses mais de 33 anos e meio de trajetória no PSDB procurei dar o melhor de mim. Um soldado sempre pronto para combater o bom combate com entusiasmo e lealdade. Agora, chegou a hora da despedida. Hora de traçar um novo caminho”, escreveu.

Apesar de já ter recebido convites para se filiar no PSB, PSD e Solidariedade, Alckmin é cotado como possível vice do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no pleito de 2022. “Em breve, anunciarei meus próximos passos”, completou o ex-tucano.

Veja na íntegra a publicação de Geraldo Alckmin, em suas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.