Geovani sobre queda de Waldir: “Candidatura oba-oba, totalmente inconsistente e que não se sustenta”

Vereador tucano disse que já era esperado que Vanderlan ultrapassasse Delegado Waldir nas pesquisas e tendência é que cresça ainda mais

Relator da CEI das Pastinhas, Geovani Antônio | Marcello Dantas

Geovani: “Vanderlan tem experiência na gestão, é moderno, inovador” | Foto: Marcello Dantas/ Jornal Opção

Em discurso alinhado com o do colega de Câmara Municipal, Elias Vaz (PSB), o vereador Geovani Antonio (PSDB) afirmou, em entrevista ao Jornal Opção, que os resultados da pesquisa Serpes já eram esperados. “Eu não tinha dúvidas, o Vanderlan é um candidato preparado e, a partir do momento que ele tá tendo a oportunidade de se apresentar, a tendência é que ele crescesse mesmo”, afirmou ele.

O crescimento de Vanderlan, diz, era tão esperado quanto a queda de Delegado Waldir (PR). “É uma candidatura oba-oba, totalmente inconsistente, só de bravatas, oca, que não se sustenta. Por outro lado, Vanderlan tem experiência de gestão pública, fez uma administração exemplar em Senador Canedo, é moderno, inovador, empreendedor”, comparou o vereador.

Geovani também acredita que Iris já atingiu um “teto” e não cresce mais. “Eu acho que ele chegou no limite, ele não passa desses 40%”, opinou. “O Vanderlan ainda tem muita coisa para crescer, tem a maior coligação na proporcional ajudando ele, a tendência é crescer ainda mais”. “Não tenho dúvida que o segundo turno vai ser entre ele e Iris”.

Dados da pesquisa

A pesquisa, encomendada e divulgada por J. Câmara & Irmãos S.A./“O Popular” (o resultado saiu na edição de domingo, 4, de “O Popular”), é de responsabilidade do Serpes Pesquisas de Opinião e Mercado Ltda. O instituto ouviu 601 eleitores, entre 30 de agosto e 2 de setembro de 2016. A margem de erro é de 4 pontos porcentuais para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.