Funcionários poderão receber entre R$ 20 e R$ 200 mil para se demitirem do Banco do Brasil

Medida faz parte do Programa de Adequação de Quadro (PAQ) publicado nesta segunda pelo BB

Foto: Reprodução

Como parte do Programa de Adequação de Quadro (PAQ), publicado na manhã desta segunda-feira, 29, o Banco do Brasil deve oferecer incentivos de R$ 20 a R$ 200 mil para funcionários que se demitirem de maneira voluntária. 

Além disso, quem o fizer poderá receber o plano de saúde por mais um ano, incluindo dependentes. Quem aderir ao PAQ também pode ficar isento do pagamento de custos de treinamento, cursos, graduação, idiomas e certificações. 

A definição da quantidade a ser recebida será proporcional ao tempo de serviço. Portanto, quem tem até 20 anos de empresa deve receber 7,8 salários brutos como incentivo. Já os que têm mais de duas décadas, podem ganhar 9,8 salários brutos no máximo.

Essa medida faz parte de uma espécie de reestruturação pela qual o BB passa. De acordo com a instituição, essas ações foram aprovadas pelo Conselho de Administração e visam à revisão e redimensionamento da estrutura organizacional.

“O Banco do Brasil reitera que estas e outras iniciativas se alinham ao propósito de ampliar a competitividade, por meio da transformação digital e do dinamismo do modelo de atendimento e relacionamento”, diz o texto.

Além das demissões, 333 agências serão transformadas em Posto de Atendimento Avançado (PAA), que são pontos destinados a municípios desassistidos de serviços bancários, mas com menos funcionários. Tudo isso começa a entrar em vigor no segundo semestre deste ano e o impacto financeiro pode ser divulgado no fim de agosto. (Com informações do Correio Braziliense)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.