Funcionários do BRT fazem protesto na Câmara e cobram pagamento da gestão Iris

Mais de 50 manifestantes se reuniram nesta quinta-feira na Avenida Goiás, no Centro

Divulgação

Mais de 50 funcionários uniformanizados que trabalham na obra do Bus Rapid Transit (BRT) em Goiânia realizaram manifestação na tarde desta quinta-feira (10/8) em frente à Câmara de Vereadores, na Avenida Goiás, no Sentor Central da capital.

Os manifestantes reivindicam o pagamento da Prefeitura de Goiânia e alegam que não recebem o salário já há 90 dias. O protesto ocorreu de forma pacífica até o final da tarde.

Um grupo de representantes dos manifestantes chegou a se reunir com a vereadora Sabrina Garcêz (PMB) para tratar da demanda. Nas redes sociais, a parlamentar registrou o momento e disse que acompanhará de perto a resolução do problema.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.