Foragido ironiza pol├¡cia nas redes sociais e ├® encontrado escondido em casinha de cachorro

Homem ├® suspeito de integrar quadrilha de especializada em roubo de carga de combust├¡veis em Goi├ís

Foto: Divulgação /PC

A Delegacia Estadual de Repress├úo a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) prendeu, na manh├ú dessa sexta-feira (19/1), Rodrigo Rezende de Moura, de 39 anos, apontado como um dos l├¡deres de um organiza├º├úo criminosa especializada em roubos, furtos e recep├º├Áes de combust├¡veis, desarticulada no in├¡cio deste ano.

Segundo o delegado Alexandre Bruno, titular da especializada, Rodrigo foi encontrado dentro da casinha do cachorro e n├úo ofereceu resist├¬ncia ├á pris├úo. No dia 10 de janeiro, quando foi deflagrada a segunda fase da Opera├º├úo L├¡quido Dourado, que tinha Rezende como um dos alvos, ele postou uma foto em rede social com a legenda ÔÇ£nem a pol├¡cia localizaÔÇØ.

O delegado explica que o investigado estava no litoral quando fez a postagem. ÔÇ£Vimos aquilo como uma afronta do trabalho da pol├¡ciaÔÇØ, disse. Desde ent├úo, Rodrigo era tratado como foragido.

As investiga├º├Áes tiveram in├¡cio no ano passado. Ap├│s receber informa├º├Áes da Pol├¡cia Rodovi├íria Federal (PRF) de que 51 ocorr├¬ncias de roubo de carretas carregadas com combust├¡veis tinham muitas semelhan├ºas. ├Ç ├®poca, 15 pessoas foram presas.

Em quase todos os supostos roubos em Goi├ís, os motoristas repassavam o combust├¡vel para receptadores e, em seguida, registravam ocorr├¬ncia como se tivessem sido abordados por ladr├Áes. O preju├¡zo total calculado ├® da ordem de R$ 22 milh├Áes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.