Filiação de Zé Wilson eleva para 28 o número do prefeitos emedebistas em Goiás

Prefeito de Moiporá deixa PMN e volta ao partido no qual esteve até 2010

Daniel Vilela, Zé Wilson e José Mário Schreiner | Foto: Divulgação

Esta segunda-feira, 16, marca duas importantes voltas para o diretório goiano do Movimento Democrático Brasileiro (MDB): o retorno de Zé Wilson à legenda, na qual esteve até 2010, e o restabelecimento do número de prefeituras que o partido tinha até a desfiliação, em setembro do ano passado, de Gustavo Mendanha (MDB), ex-chefe do Executivo aparecidense, que deixou o cargo para disputar o Governo de Goiás. Com a filiação do prefeito de Moiporá, chega a 28 o número de prefeitos emedebistas em Goiás.

Eleito prefeito de Moiporá pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN), em 2020, Zé Wilson se torna correligionário de um dos principais aliados, o deputado federal e pré-candidato à reeleição José Mário Schreiner. Na janela partidária deste ano, o parlamentar deixou o União Brasil e se filiou à sigla presidida por Daniel Vilela, pré-candidato a vice-governador na chapa de Ronaldo Caiado (UB), que vai em busca no segundo mandato à frente do Palácio das Esmeraldas. Além de Schreiner, a filiação do prefeito ao MDB foi prestigiada pelos ex-integrantes da Câmara dos Deputados Pedro Chaves, que inclusive abonou a ficha de admissão à legenda; Leandro Vilela e Euler Morais. Também estiveram presentes o deputado estadual Cairo Salim; o presidente do MDB anapolino e pré-candidato a deputado federal Márcio Corrêa; secretários e uma comitiva de lideranças de Moiporá.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.