“Existe um Estado antes de 1999 e, outro, após Marconi”, diz prefeito Wilber Floriano

Para gestor da cidade de São Simão o governador demonstra preocupação com as pessoas e com as cidades, sem se importar com a filiação partidária 

Ao analisar as quatro gestões de Marconi à frente do Executivo estadual durante caravana do programa estadual Goiás na Frente, o prefeito da cidade de São Simão, Wilber Floriano, afirmou ter sido criado um divisor de águas em Goiás, após Marconi assumir pela primeira vez o comando do Estado, 1999.

“Existe um Estado antes de 1999 e, outro, após Marconi Perillo. A diferença é muito grande. Temos um governador atuante, inovador que, em todo mandato, faz a diferença, principalmente por respeitar o cidadão e as pessoas que mais precisam”, ponderou.

“Vemos estados passando por dificuldades como Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, que nem estão pagando a folha de pagamento. No governo de Marconi isso não acontece”, apontou. “Marconi lançou o maior programa de investimentos que o Brasil já viu, que é o Goiás na Frente, levando investimentos em todas as cidades de Goiás, sem se importar se o prefeito é do partido “A” ou “B”. Isso demonstra a preocupação de Marconi com as cidades e com as pessoas”, avaliou o prefeito.

Marconi respondeu afirmando que o prefeito Ibinho também o ajudou nessa caminhada: “E eu estou feliz, prefeito, porque você sempre foi uma pessoa que demonstrou um grande amor por esta terra. Sempre correto, sempre honesto, um prefeito que aprendeu a planejar para fazer uma grande gestão e, com isso, nos ajuda muito também a atingir nossas metas de desenvolvimento”.

Também participaram da Caravana do Goiás na Frente, em São Simão, o senador da República, Wilder Morais; os deputados federais Marcos Abrão e Heuler Cruvinel;  deputados estaduais Virmondes Cruvinel, Henrique Arantes e Francisco Oliveira; secretários Sérgio Cardoso (Articulação Política); João Gomes (Extraordinário para Assuntos de Habitação); Talles Barreto (Fiscalização das obras do Goiás na Frente); e Luiz Stival (presidente da Agehab).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.