Pré-candidata à Assembleia pelo PT, Marina foi vereadora por Goiânia três vezes e desde 2014 não disputa nenhum cargo, quando perdeu para Ronaldo Caiado nas eleições para o Senado

O lançamento da pré-candidatura à deputada estadual de Marina Santanna (PT) será na próxima quarta-feira, 11, às 19h30 com transmissão ao vivo pelas redes sociais da petista. Marina foi eleita pela primeira vem em 1988 para a Câmara Municipal de Goiânia, depois reeleita em 1992 e em 2004, quando foi a segunda parlamentar mais votadas nas eleições. Ela teve 8.328 votos no pleito, atrás somente do também ex-deputado federal Fábio Sousa (eleito pelo PSDB).

Na legislatura de 2011 a 2015, na Câmara Federal, Marina assumiu a suplência do então deputado federal Thiago Peixoto, quanto este deixou o o cargo para assumir a secretaria de Educação do ex-governador Marconi Perillo (PSDB). Em uma entrevista ao Jornal Opção, em 2021, Marina disse que o retorno à política faz parte de um sonho de um novo governo federal com uma tarefa política que passa pelas mãos do PT e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Vamos lutar para a implementação do desenvolvimento sustentável e das responsabilidades sociais que cabem ao Estado”, justifica a petista.