Ex-câmeras do BBB acusam Boninho de assédio moral e movem ação trabalhista contra a TV Globo

Na ação, os profissionais afirma que Boninho costumava gritar e ofender pessoalmente os trabalhadores. A emissora contesta as acusações.

Uma ação trabalhista movida por oito ex-câmeras do Big Brother Brasil (BBB) tem como alvo TV Globo e acusam o diretor José Bonifácio Brasil de Oliveira, ‘Boninho’, de assédio moral e insalubridade no ambiente de trabalho.

Os profissionais contratados foram contratados através de uma empresa terceirizada e afirmam que foram humilhados pelo diretor da emissora. De acordo com eles, gritos e ofensas eram recorrentes durante a prestação de serviço e, um deles, afirma que ‘Boninho’ chegou a agarrar um deles pelo casaco após ter problema com uma das câmeras.

Também foi relatado pelos ex-funcionários insalubridade no ambiente de trabalho. Os profissionais afirmam que eram submetidos a péssimas condições de higiene e de trabalho e tinham que trabalhar durante nove horas seguidas em um corredor estreito e escuro.

A emissora contestou as acusações. ” As alegações são completamente inverídicas. Os reclamantes jamais sofreram qualquer tipo de humilhação por parte do diretor e, muito menos, foram submetidos a condições de trabalho inóspitas. Enfim, a inicial é repleta de inverdade”, diz um trecho do documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.