“Eu não tenho roupa, sapato, nada disso, para frequentar esses lugares”, diz avó de Michelle Bolsonaro

Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 79 anos, vive em uma favela a 40 km do Palácio da Alvorada

Foto: Reprodução

A avó da primeira da primeira-dama Michelle Bolsonaro, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 79 anos, vive na favela Sol Nascente, localizada a 40 km do Palácio da Alvorada. Ela é cardíaca, sofre de Parkinson, osteoporose, tem colesterol alto e dificuldades para se locomover.

Em entrevista à Revista Veja, dona Aparecida – como é conhecida entre os vizinhos – disse não ter sido convidada para a posse do presidente Jair Bolsonaro, assim como sua filha mãe de Michelle, Maria das Graças.

Quando questionada se faria uma visita ao Palácio, disse: “Aprendi que só vamos a pessoas importantes quando somos convidados. É minha neta, cresceu lá em casa, mas agora ela é a primeira-dama, além disso, se eu chegar assim (diz apontando para as próprias roupas), posso ser destratada, e isso vai me magoar. Eu não tenho roupa, sapato, nada disso, para frequentar esses lugares”.

Dona Aparecida também não tem contato com as bisnetas há seis anos, ela diz acompanhá-las por meio do grupo de WhatsApp da família, isso com a ajuda seu filho, já que ela não sabe ler.

Sobre a relação com o presidente, dona Aparecida diz gostar muito dele: “Tenho certeza de que o meu presidente vai ajudar os aposentados, vai melhorar a saúde, vai dar emprego para todo mundo, vai acertar os bandidos e vai baixar o preço das coisas”, lista. “Então, vai ficar bom para mim também.”

A Veja afirmou que dona Aparecida foi resistente ao conversar com a equipe de reportagem: “Lá em cima eles não querem que eu fale”. Perguntada a quem se referia, respondeu: “Michelle”. “Meu filho mais velho disse que se me sequestrarem a ordem é não pagar o resgate e, aí, vão me matar”.

Ainda de acordo com a revista, dona Aparecida diz que só abriria uma exceção ao apresentador Ratinho. “Se eu falar com o Ratinho, ele vai me levar lá no Planalto… Porque, se você me levar lá, eles vão botar a gente para correr. Mas o Ratinho, não. Eu vi na TV que ele é amigo do Jair. E um dia eu quero ir lá.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.