Estúdio apresenta trabalho inédito de fotógrafa goiana no Café Cariño

Série tem como tema a cidade de Londres e poderá ser conferida entre os dias 12 e 28 de janeiro

Trabalho que estará exposto na exposição | Foto: Jordana Barale

O estúdio de fotografias BeYond Photostudio apresentará, entre os dias 12 e 28 de janeiro, a exposição  “A alma que em ti habita”, da fotógrafa goiana Jordana Barale, no Café Cariño. Com fotos de Londres, a série retrata pontos turísticos da cidade sob um outro olhar.

Segundo os organizadores, a inspiração vem das ruas, que transpiram uma identidade única e instigante. “Enquanto sua arquitetura exuberante faz um convite à contemplação, para seus residentes enxergá-la é um hábito diário. Seu ritmo frenético é um contrassenso à poesia do rio que margeia, seus bancos em parques honram com nomes os grandes de sua história, enquanto suas entrelinhas contam as memórias dos anônimos que por ali sentaram”, explicam.

A abertura será realizada nesta quinta-feira, às 19 horas. Além da exposição, estará disponível, também para venda, uma coletânea de 15 fotos autorais com cenários da capital inglesa.

Jordana Barele | Foto: Thaynara Rezende

As imagens são impressas em papel de algodão (fine art), sob rigorosos processos, garante o BeYond Photostudio. As molduras são montadas com materiais de PH Neutro e livre de ácidos, proporcionando mais qualidade e durabilidade. “Com edições limitadas, todas possuem certificados de garantia e autenticidade. Essas obras e outras fazem parte do projeto BeYondStores, desenvolvido junto com o também fotógrafo Áderson Mendes, esposo de Jordana. Os cliques retratam viagens pelo Brasil e no mundo todo”, completam.

A exposição fotográfica, que já foi realizada em Brasília e Anápolis, antecede mais uma experiência que terão no Reino Unido no próximo mês de fevereiro. O casal considera que é um exercício redescobrir os lugares e pessoas.

“Fica sempre a saudosa expectativa de provar mais desta cidade por quem serei sempre enamorada. É como se em doses de conta gotas ela se revelasse para que meros mortais, como eu, não a subestimem. Em uma das vezes, em 2015, minha retina encantou-se com a alma que nela habita”, contou Jordana Barale.

Mais informações pelo site do estúdio e pelo Facebook da fotógrafa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.