Estudante agredido por PM volta a ser internado e passa por nova cirurgia

Mateus Ferreira terá que receber implante de cimento ortopédico para preencher falha na região óssea acima da sobrancelha

O estudante Mateus Ferreira, que foi agredido por um policial militar durante a greve geral do mês passado, foi internado novamente no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) na manhã desta quarta-feira (17/5).

Após passar por uma reavaliação da equipe de cirurgia maxilofacial, o jovem terá de ser submetido a nova cirurgia para colocação de cimento ortopédico no rosto. Segundo informa a unidade de saúde, o objetivo é preencher uma falha óssea na região da testa, acima da sobrancelha.

O procedimento é considerado simples e será realizado por três cirurgiões da equipe do Hugo. Mateus Ferreira encontra-se bem, consciente e verbalizando. Ele teve alta na última semana.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.