”Estou acostumado a desmamar bezerrão”, diz Caiado em inauguração do Balcão do Cidadão

Ronaldo Caiado afirmou enfrentar interesses de velhos favorecidos pela centralização dos serviços em municípios maiores

Foto: Reprodução / Júnior Guimarães / Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Ronaldo Caiado encerrou neste sábado, 18, série de visitas a municípios goianos para implantação do programa Balcão do Cidadão. O governador passou por Abadiânia, Edéia e Nova Crixás, e encerrou as inaugurações que têm participação dos Correios em Niquelândia. O objetivo é levar serviços burocráticos estaduais à população desassistida e, posteriormente, estender o Balcão Cidadão aos 246 municípios goianos.

Até então, serviços estaduais eram realizados postos de atendimentos únicos que se localizam em 53 cidades. O projeto de descentralização foi elogiado por prefeitos das cidades contempladas. O prefeito de Niquelândia, Fernando Carneiro, afirmou: “o Balcão do Cidadão chegou na hora certa em Niquelândia e vai atender às necessidades da comunidade”. A iniciativa do governo goiano faz parte do projeto Integra Brasil, do governo federal.

Em Nova Crixás, o governador Ronaldo Caiado afirmou: “Essa região precisa ter os incentivos do governo, para poder trazer também as indústrias e dar oportunidade de emprego para as pessoas. Eu tive que tirar a teta dos empresários grandes para retirar os incentivos das grandes cidades. Eles andaram batendo no Caiado, mas eu sei como é desmamar bezerrão. Hoje as pessoas sabem que o dinheiro está sendo corretamente aplicado no Estado. Por isso que as coisas vão multiplicar”.

A afirmação se refere a política de concentração de serviços em municípios maiores em detrimento dos mais carentes. “É o interior que alavanca, que produz, alimenta e cada vez mais eleva a economia no nosso Estado”, reforçou Caiado. O superintendente da estatal em Goiás, Eugênio Montenegro, afirmou que os Correios estarão com toda a estrutura de operação na cidade, disponibilizada por meio da parceria com o Estado. 

Foto: Reprodução / Júnior Guimarães / Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

O policial militar reformado Luiz Furtado Rosa, que mora há 52 anos em Nova Crixás, esteve presente no evento de lançamento do Balcão do Cidadão e elogiou a iniciativa. “Antigamente eu precisava ir até Mozarlândia, São Miguel do Araguaia ou até Goiânia para fazer o recadastramento anual de servidor público”, contou. “Nós também merecemos dignidade como todos os outros goianos”, emendou.

A unidade dos Correios em Nova Crixás é tão nova quanto a própria cidade, que, como povoado, nasceu no início da década de 1970. Atualmente, passam pela agência entre 70 e 80 pessoas por dia, número que deve ser ampliado com a oficialização da parceria entre os governos estadual e federal, para a oferta de mais serviços. Hoje, Nova Crixás conta com 12 mil habitantes. Os outros municípios contemplados pelo projeto neste sábado, Abadiânia, Edéia e Niquelândia, têm, respectivamente, 20 mil, 12 mil e 46 mil habitantes.

Em Niquelândia, na ocasião do fim da viagem de abertura do Balcão do Cidadão, Ronaldo Caiado aproveitou o ensejo para relembrar outras de suas plataformas de governo: quitar a folha de pagamento do funcionalismo; pagar o valor referente ao salário de dezembro antes do Natal; valorização dos policiais, civis e militares. “”A família tem de ter segurança, que é responsabilidade do Estado. E bandido não terá vez aqui enquanto eu for governador do Estado de Goiás”, disse o governador. 

Uma resposta para “”Estou acostumado a desmamar bezerrão”, diz Caiado em inauguração do Balcão do Cidadão”

  1. O carro do Caiadao está no trilhos participação de todos no estado de Goiás, sem fazer discriminação, parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.