Especialistas de Pernambuco discutem zika vírus em Goiânia

Evento busca estabelecer agenda de atividades e discutir questões relacionadas à infecção pelo Zika vírus e ao controle do Aedes aegypti

Além de transmitir o vírus da dengue, chikungunya e febre amarela, o Aedes Aegypti também é responsável pela transmissão do Zika | Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Além de transmitir o vírus da dengue, chikungunya e febre amarela, o Aedes Aegypti também é responsável pela transmissão do zika | Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Em função do surto de microcefalia, provavelmente associado à infecção pelo zika vírus, a Universidade Federal de Goiás (UFG) realiza nesta quinta-feira (17/12), em parceria com as secretarias estadual e municipal de Saúde, o Seminário Zika Vírus – UFG: Panorama atual e perspectivas. O evento ocorre a partir das 14 horas, no 5º andar do Centro de Aulas D, localizado na 1ª Avenida, no Setor Leste Universitário.

O encontro reúne convidados palestrantes e debatedores envolvidos com a identificação, notificação, diagnóstico e acompanhamento clínico de casos em Goiás e Pernambuco, estado que concentra alto número de casos de microcefalia e infestação do zika Vírus.

Entre os temas que serão discutidos estão “Aspectos Epidemiológicos”, com a participação da professora Celina Maria Turchi Martelli, do Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães, da Fundação Oswaldo Cruz, e ainda “Aspectos Neurológicos em Crianças”, a ser debatido pela neurologista Ana Maria Campos Van Der Linden, do Instituto de Medicina Integrado Professor Fernando Figueira de Pernambuco.

O objetivo é articular uma agenda de ações com a participação da Universidade e discutir aspectos clínico-epidemiológicos relacionados à infecção pelo zika vírus, bem como questões relacionadas ao controle do Aedes aegypti. A realização do evento visa ainda ampliar a discussão sobre o que já se sabe e o muito que ainda falta conhecer sobre o assunto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.